Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Semente, o casulo...

 



 

Não é o aspecto do casulo que dignifica a qualidade da semente...
 
Foge do falso ingénuo
Nunca saberás com o que contar…
 
No meio de ladrões, nunca será roubada(o)
No meio de vigaristas, nunca serás enganada(o)
No meio de hipócritas, nunca acreditareis
 
Uma flor sobressai no meio do mato,
Mas…
Desaparece no canteiro.
 
 
 

★>★>★>★>★

 

★>★>★



 

Publicado por... Cöllyßry às 16:19

Link do Pensamento | Comentar | Adicionar aos favoritos
partilhar
61 comentários:
De Juda a 20 de Abril de 2007 às 22:35
Venho por este canto, e levo sempre palavras para lembrar... um abraço...
De Nilson Barcelli a 20 de Abril de 2007 às 22:57
Tudo certinho.
Na minha opinião, claro.
Estás a ficar perita em pensamentos do género.
Bom fim de semana.
Beijos.
De Daniel Aladiah a 21 de Abril de 2007 às 01:14
Querida Collybry
Finalmente, consegue-se aceder ao teu blog.
Diria que tudo o que sobressai também arrisca a ser "devorado"...
Um beijo
Daniel
De isa&luis a 21 de Abril de 2007 às 11:12
Olá menina,

Lindo o teu visual, e o som é fantastico.

Pensamento sábio!

As flores precisam de alimento, amor e carinho, para se manterem lindas !

Beijinhos muitos

Isa
De Ana S a 21 de Abril de 2007 às 11:39
Bonitas e verdadeiras reflexões amiga!
Bom fim de semana.
Beijos
De tampinhas a 21 de Abril de 2007 às 13:26
Olá.
Passei para ver as novidades...
Passei para te deixar um beijinho.
Passei para matar as saudade...
Passei para te deixar um carinho.

Bom fim de semana.
Beijocas
De Cris a 21 de Abril de 2007 às 18:12
É bem verdade, mas uma flor será sempre uma flor!

Beijinho e bom Wk
C.
De diabinho a 21 de Abril de 2007 às 18:28
Nem tudo é o que parece, mas se nos misturarmos na multidão, seremos capazes de desaparecer....

Beijinhos

P.S.:Bela musica... Andreas Vollenweider - do albúm Book of Roses... adoro esse
De Cöllyßry a 21 de Abril de 2007 às 18:43
Olá, doce Diabinho, a musica não é, mas sim Musique Du Mond___Soazig
Charnt et harpe celtique...
À anos que tenho,e gosto muito...
Bjcas
De diabinho a 21 de Abril de 2007 às 19:25
Eu só conheço essa música como sendo do compositor A. Vollenweider. Comprei esse albúm em finais dos anos 80, em Viena, Austria, nos meus tempos de faculdade... belos tempos...

Jinhos
De Solitária a 21 de Abril de 2007 às 20:55
"Uma flor sobressai no meio do mato,
Mas…
Desaparece no canteiro. "
Excelente! adoro a tua maneira de escrever! Parabéns!
Beijinhos
De maripossa a 21 de Abril de 2007 às 21:41
Amiga Collybry,lindo este teu pensamento,sobre o verdadeiro e falso,sempre faço questão de ser verdadeira,sobre a flor que sobressai no meio do mato é uma verdade,essa é verdadeira a do canteiro?Pode ser ou não.
Amiga beijinho bom fim semana
De Cöllyßry a 24 de Abril de 2007 às 22:08
Doce amiga, a do canteiro, recatada como está no meio de tantas outras, quem a acharia...
Por vezes o anonimato é a melhor defesa.
bjca doce

Comentar

.*sobre mim

.Pensamentos_recentes

. A lágrima...

. A perfeição...

. Caminho...

. Amor alheio...

. O amor...

. Se...

. Junta amigos e...

. O sorriso...

. A consciência...

. Há aqueles que amam...

. Pensamentos...

. Voz da consciência...

. A vida...

. Sofrimento...

. Pegadas na areia...

. Reflexo do passado...

. Natal...

. Seara produtiva...

. A verdade ...

. Grito da revolta...

. Há que ter coragem...

. Fraternidade...

. A vontade do ser...

. Absurdo...

. Obstáculos...

.pesquisar

 

.Arquivo

.subscrever feeds

blogs SAPO